Veja, Agostinho participa de programa na TV Petroleira.

Agostinho participou da edição do programa: ESPECIAL – O Petróleo Tem que Ser Nosso – Eleições do CREA-RJ (27/10/2011). Onde o programa ofereceu aos candidatos à presidência do CREA-RJ a oportunidade de falar aos petroleiros sobre suas propostas e sobre o comprometimento com a campanha.

“ Bom é um prazer enorme poder falar aos petroleiros, na verdade eu me sinto também um petroleiro, afinal 10 anos de Petrobras deixa uma marca muito grande. Falar também para aqueles que na minha eleição anterior já me apoiaram, o sindicato dos petroleiros, tanto daqui do Rio, como o de Macaé, o de Caxias, e de vários lugares. Acho que nós não decepcionamos esses petroleiros, fizemos um trabalho muito sério, inclusive com a experiência sindical.

Foram dois mandatos de Vice – presidente do Sindicato dos Engenheiros, e criamos durante o nosso mandato um respeito que não havia na relação entre as direções anteriores com os servidores. Passamos a dar o salário mínimo profissional que não era respeitado. Fizemos o acordo coletivo durante todo o tempo que lá estivemos o que não era observado. Estabelecemos uma relação normal com o sindicato majoritário que nem podia entrar nas instalações do CREA. Enfim, tivemos do ponto de vista sindical, um reconhecimento muito grande pelos servidores e com isso, hoje, o CREA é um ambiente, diferentemente do que foi no passado, de concórdia, onde um número de pessoas absenteístas diminuiu bastante, a produtividade do trabalho aumentou muito, as pessoas estão melhores remuneradas e muito mais satisfeitas.

Do ponto de vista da luta petroleira, quando eu falo, eu falo com a minha alma, com o meu coração, porque se eu até hoje me sinto um petroleiro, é porque essa luta já é desde muito antes. Começou com o ”Petróleo é nosso” lá atrás, quando eu me dei por gente, já era um admirador dessa luta, da criação da Petrobras, do seu avanço tecnológico, de todo o trabalho que ela conseguiu fazer. Mas, evidentemente que, com o passar do tempo, nós, fomos nos colocando junto com os petroleiros nas suas novas posições, mais recentes. Somos contra os leilões, isso é uma posição pública que todos sabem. Eu já havia manifestado há muito tempo. Somos a favor do manifesto que foi lançado nos 50 anos da Aepet, junto com o Clube de Engenharia, do qual fui presidente, e que resume boa parte dessa posição, e estamos sempre estivemos, e sempre estaremos ao lado dos petroleiros na luta pelo petróleo, “Todo o Petróleo Tem Que Ser Nosso”. Eu fico muito feliz de poder estar aqui falando para os meus amigos e amigas petroleiros. Quero dizer: se eu vencer essa eleição no CREA, mais uma vez, e cada vez mais, vocês poderão contar comigo e com o CREA-RJ como parceiro nessa luta. É por isso que eu preciso do seu voto, o voto é muito importante, porque nós estaremos caminhando juntos nessa luta que não é apenas pra nós, é uma luta para todos os brasileiros; e brasileiras; é uma luta para levar o Brasil a uma situação cada vez melhor. Eu conto com o voto de vocês. ”

Agostinho Guerreiro.

Para ver o programa acesse o site: http://www.tvpetroleira.tv/. Vá na sessão videoteca, clique no quadrinho “O Petróleo tem que ser Nosso”, depois no quadrinho “Eleições 2011 CREA – RJ”. E pronto! É só começar a assistir o programa.

Atenção petroleiros! Agostinho esteve presente na TV Petroleira, no SINDIPETRO-RJ, para dar um depoimento com suas propostas direcionadas à vocês. Não deixem de assistir!

Agostinho na TV Petroleira.

Quinta – feira, 27 de outubro, no SINDIPETRO- RJ, Agostinho esteve presente para participar de um programa da TV petroleira, onde também marcaram presença os outros candidatos a presidência do CREA –RJ. No programa cada candidato teve exatamente cinco minutos para falar suas propostas direcionadas aos petroleiros. Um sorteio definiu a ordem dos depoimentos, Agostinho foi o último a falar e respondeu as seguintes perguntas:

1) Por que você é candidato ao CREA-RJ?

2) O que você tem a dizer sobre a campanha O Petróleo Tem que Ser Nosso?

E de extrema importância o depoimento direcionado aos petroleiros, cerca de 5 mil profissionais do SINDIPETRO – RJ têm vínculo profissional com o CREA – RJ. A intenção do SINDIPETRO em realizar este programa é incentivar a participação e o voto. Veja o que diz Agostinho Guerreiro, e saiba porque no dia 8 de novembro seu voto tem que ser 23!

Para ver o depoimento de Agostinho, siga esse link: https://agostinhoguerreiro2012.wordpress.com/2011/11/01/veja-agostinho-participa-de-programa-na-tv-petroleira/

A TV Petroleira já disponibilizou o vídeo com o programa. Para assistir e só acessar o site: http://www.tvpetroleira.tv/, e seguir as instruções: primeiro clique na sessão videoteca, depois no quadrinho “O Petróleo tem que ser Nosso”, e então no quadrinho “Eleições 2011 CREA – RJ”, e pronto! E só assistir o programa.

Os nossos estudantes são o futuro da Engenharia no Brasil!

Para fortalecer o relacionamento com entidades de classe e instituições de ensino, vote 23!

Os nossos objetivos são:

Fortalecer as entidades de classe da base o sistema, da capital e interior.

Aprimorar ainda mais a integração entre as universidades e escolas técnicas com o Conselho, com vistas ao entendimento das demandas do mercado de trabalho, privado e público.

Realizar novas edições do prêmio “Oscar Niemeyer”.

Transparência é fundamental! Para o CREA – RJ continuar seguindo este caminho, vote 23, vote certo, vote útil, vote Agostinho Guerreiro!

Transparência:

Ampliar nossa participação na Campanha contra a Corrupção no país.

Ampliar a divulgação aos profissionais dos recursos arrecadados e sua aplicação, utilizando a internet e todos os meios disponíveis.

Continuar atendendo aos princípios do Programa de Gestão Pública – GesPública, buscando a preservação do certificado recebido pelo Crea – RJ e a Certificação em todos os anos seguintes com vistas à desburocratização e agilidade na prestação de serviços pelo Conselho.

Avançar na gestão democrática e transparente do CREA – RJ

Mais das propostas de campanha para a reeleição de Agostinho por um novo CREA em progresso.

Valorização profissional:

Atuar para o fortalecimento da engenharia e tecnologia nacional e para a ampliação do mercado de trabalho em geral e dos profissionais da área técnica.

Intensificar a fiscalização do exercício ilegal da profissão para coibir a atuação de estrangeiros sem a devida qualificação e habilitação legal.

Preservar o mercado de trabalho para profissionais brasileiros.

Aplicar a arrecadação com as multas no aprimoramento profissional através dos cursos do PROGREDIR, valorizando a capital e o interior.

Atuar para melhorar a legislação da ART, em prol dos profissionais.

Propiciar novos cursos gratuitos aos profissionais em parceria com as entidades de classe.

Nosso compromisso para 2012-2014: participe!

Para um novo CREA em progresso, conheça algumas das propostas de Agostinho Guerreiro.

Defesa da sociedade:

Reafirmar o CREA – RJ como referência para a sociedade como fórum independente e aberto de discussões de ideias, propostas e sugestões e políticas de desenvolvimento regional. Ampliar lutas como as do fim das explosões dos bueiros e outras.

Ser referência nas questões que envolvam o direito do consumidor na área tecnológica.

Orientar a Fiscalização para que entenda às demandas reprimidas do público e dos profissionais com caráter preventivo e preditivo.

Em breve, saiba mais!

Avançar na Gestão Democrática e transparente do CREA-RJ

PROGRAMA 2012-2014

  • Afirmar o CREA-RJ como referência para a sociedade como fórum independente e aberto de discussão de ideias, propostas e sugestões de políticas de desenvolvimento regional.
  • Atuar para o fortalecimento da tecnologia nacional e para a ampliação do mercado de trabalho em geral e dos profissionais da área técnica, em particular.
  • Aprimorar a integração entre as universidades e as escolas técnicas com o Conselho, com vistas ao atendimento das demandas do mercado de trabalho, público e privado.
  • Intensificar a fiscalização do exercício ilegal da profissão para coibir a atuação de estrangeiros sem a qualificação e sem a habilitação legal.
  • Aplicar parte da arrecadação com as multas no aprimoramento profissional através dos cursos do PROGREDIR, inclusive no interior.
  • Proporcionar ampla divulgação aos profissionais dos recursos arrecadados pelo Conselho e sua aplicação, utilizando a internet.
  • Avançar no conceito de Atendimento Virtual Eficaz, viabilizando mais serviços via internet e descentralizando o atendimento.
  • Atender aos princípios do Programa de Gestão Pública – Gespública, buscando a permanente certificação com vistas à desburocratização e agilidade na prestação de serviços pelo Conselho.
  • Fortalecer as entidades de classe da base do Sistema Confea/Crea.
  • Orientar a Fiscalização para que atenda às demandas reprimidas do público e dos profissionais com caráter preventivo e preditivo.
  • Investir na capacitação e treinamento do corpo funcional.